Rojões Russos

            Pequena história sobre os badalados rojões Russos .
    Não sei o motivo mas a minha Companhia a C.Caç 1712 foi fazer uma operação para
    norte do Chindorilho, Não recordo se a iniciativa partiu do Comandante de Companhia

    do Batalhão ou do Sector, só sei que fomos para a um aldeamento onde havia material
    bélico além dos Rojões. A quantidade era muita porque um pelotão regressou ao
    Chindorilho para levar 50 trabalhadores que na altura estavam no Sagal. As quantidades
    não sei, pois foram logo directamente para Mueda. Mas os amigos José Monteiro e Jorge Paklo
    deverão saber. Por azar capturamos também uns chamados turras, que por mal
   
dos meus pecados não enviamos para Mueda, mas foram para o Sagal e em  
    
consequência disso, os meninos foram interrogados e diserram que tinham conhecimento
   
de uma base com muito material de guerra. Ainda não refeitos lá fomos nós chegados ao objectivo já tinhamos

    sido detectados e nada encontramos. Mas fomos emboscados ou flageladoa bastantes vezes.
    Foi pedido ajuda á FA que mandou T6 para nos ajudar, resultado o T6 foi atinjido e o piloto comunicou para
   
a gente ver se ele caí para a gente lá ir. O Comandante da Companhia disse para ele ele sair rápido
   
que já havia muitos problemas cá em baixo. Felizmente o avião chegou a Mueda. Resultado disso o

    meu amigo Furriel Miliciano Barbas ficou quase cego tivemos alguns feridos sem gravidde
    e eu passado mais de uma hora notei a mão colada á G3. um estilhaço de granada descobriu o meu dedo
    grande felizmente sem gravidade .Nem chamei o enfermeiro fiz um penso de terra vermelha.
   
Agora digam os turras não tinham ido melhor para Mueda?????
  


Regressar ao Cantinho do  Nascimento