SURPRESA EM MUEDA

 
A São, é uma Amiga dos anos 60, dos tempos de estudantes da Escola Industrial e Comercial Brotero, em Coimbra. Uma das melhores Amigas que uma pessoa pode ter.

Não resisto a contar uma história passada em Mueda: Um grupo de furriéis do BC1916 (suponho que 4), foram "matar" o tempo para o AM51, com o Sanches e o Aurélio (já falecido), da Força Aérea. Para isso, formaram-se 3 equipas de sueca, e, ao fim de 10 jogos, a equipa que perdesse, pagava a cerveja e dava lugar a outra equipa.

Só depois de algumas "bazucas" é que saí. Como elas já me pesavam um bocado, resolvi as coisas indo estender-me no beliche que ali estava mesmo a jeito. Porém, ao deitar-me, passo os olhos pela mesa-de-cabeceira e sou surpreendido por uma fotografia da São. Acto contínuo, pergunto:

                        - De quem é esta cama?

Responde o Sanches:   

- É minha. Porquê?

E eu prossigo:   

- E o que está aqui a fazer a fotografia da São Zagalo?

E o Sanches, também surpreendido, levanta-se de um salto, derrubando a caixa de fruta que lhe servia de assento e exclama:   

- Tu conhece-la, pá?

 

Aqui começou a minha amizade com o Sanches, que mais tarde me valeu na viagem de Nampula para a Beira, arranjando-me lugar num Nord-Atlas, depois de ter ido uma meia dúzia de vezes ao aeroporto sem conseguir embarcar..

 

O meu Abraço para o casal Amigo, a São e o Zé Sanches, aqui perto, em Setúbal.

 

                                                                                               Diamantino


     

                                                        Depois de alguns anos   ...... o  sorriso continua lá


Voltar ao Cantinho do Diamantino